Érika Amorim destaca obra que garantirá melhor fluxo no trecho Icaraí-Cumbuco, em Caucaia

11 de Novembro de 2021

Parlamentar destacou, ainda, sessão solene em alusão ao Dia do Conselheiro Tutelar.

Foto: Jr Pio/Alece

Durante primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (11), realizada de forma híbrida, a deputada Érika Amorim (PSD) comemorou a aprovação, por parte do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema), do projeto de licenciamento referente à Construção e Ampliação da CE-090, no trecho Icaraí-Cumbuco, no município de Caucaia. 

“Acompanhamos de perto as articulações desde 2019, com o anúncio da licitação para essa obra que vai proporcionar maior fluidez de tráfego, segurança e conforto aos usuários e durabilidade à rodovia. Serão mais de 6km da principal rodovia do litoral de Caucaia”, pontuou a parlamentar, terceira secretária da Mesa Diretora da Assembleia.

A obra do Governo do Ceará está orçada em aproximadamente 17 milhões e inclui a duplicação da ponte do rio da Barra Nova. “Parabenizo a todos pela iniciativa e vamos acompanhar até a execução total desta obra que garantirá diversas melhorias para o caucaiense e turistas”, comemorou.

Érika Amorim também ressaltou o Dia do Conselheiro Tutelar, comemorado no próximo dia 18 de novembro. A parlamentar convidou os deputados para a sessão solene, requerimento de sua autoria, que acontecerá no próximo dia 23, às 18h, no Plenário 13 de Maio. “São profissionais que buscam iniciativas que potencializam o desenvolvimento de crianças e adolescentes. Na ocasião, iremos homenagear os conselheiros que atuam com ética e determinação para mitigar violações de direitos de nossas crianças e adolescentes”, frisou.

A parlamentar destacou, ainda, a Feira da Cajucultura, em celebração ao Dia do Caju, comemorado no próximo domingo (14/11), na sede do Museu do Caju, em Caucaia. “O Museu do Caju é um projeto de inclusão sociocultural, educacional, ambiental e turístico – o caju como instrumento de mudanças para o Ceará Nordeste. Essa data nos convida para viajar no imaginário do caju, saber da sua origem, dos usos e costumes”, assinalou. O equipamento está localizado na rua San Diego, n° 332, no Parque Guadalajara.