Em Caucaia, ações do Setembro Amarelo contam com participação da deputada Érika Amorim

14 de de 2021

Na oportunidade, a deputada Érika Amorim também entregou aos alunos a nova edição da cartilha Alegria de Viver.

Oficina Despertar em Caucaia

Estudantes da Escola Estadual de Educação Profissional Professor Antônio Valmir da Silva, em Caucaia, participaram nesta terça-feira (14) da Oficina Despertar. A ação, promovida pela Assembleia Legislativa e pelo Departamento de Saúde e Assistência Social da Casa (DSAS), em alusão à campanha Setembro Amarelo, contou com a participação da presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio, deputada Érika Amorim (PSD).

“Parabéns à Assembleia Legislativa por essa iniciativa que destaca o tema levando informações para cada vez mais perto dos estudantes. Além de dialogar sobre o momento de pedir ajuda, a oficina forma uma rede protetiva, mostrando a necessidade de acolher e da empatia”, frisou a parlamentar.

Durante o evento, os estudantes receberam uma cartilha informativa e assistiram a uma palestra das profissionais do Departamento de Saúde da Assembleia: a psicóloga do Núcleo de Saúde Mental, Karine Diógenes, a psicóloga do Núcleo de Prática Sistêmicas, Isabel Martins, e a advogada do Núcleo de Gestão de Conflitos, Raíssa Gomes.

“Ficamos muito empolgados ao ver a empolgação dos próprios alunos, todo o engajamento que eles demonstraram desde que chegaram aqui, cuidando dos mínimos detalhes. Essa campanha tem essa característica: o foco nos detalhes e em demonstrar atenção ao outro”, elogiou Érika Amorim, elogiando o engajamento da diretora Caroline Nepomuceno e da presidente do grêmio estudantil e aluna do 2° ano, Aline Moura.

Na oportunidade, a deputada Érika Amorim também entregou aos alunos a nova edição da cartilha Alegria de Viver, uma produção do mandato assinada pela psicopedagoga Andreia Lima. A publicação aborda temas como identidade, autoestima, resiliência, relacionamentos, família e diversos tipos de inteligência, além de trazer informações sobre como identificar e abordar uma pessoa em situação de risco relacionado ao suicídio ou a prática de automutilação.

SETEMBRO AMARELO ITINERANTE

A Oficina Despertar é uma iniciativa dos servidores dos núcleos de Saúde Mental, de Mediação e Gestão de Conflitos e de Práticas Sistêmicas Restaurativas, vinculados ao DSAS da AL e voltados para práticas de autoconhecimento, autocuidado, aprendizagem da comunicação adequada e discussão sobre saúde mental.

A oficina conta com material de apoio próprio: a cartilha "Oficina Despertar", criada pelas profissionais do DSAS e publicada pelo Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp). A publicação apresenta informações sobre questões relevantes para a saúde mental, como autoconhecimento, resiliência, comunicação, relacionamentos, identificação de sentimentos e emoções e as formas de pedir ajuda.

Com informações da Agência Alece