Érika Amorim é a única mulher eleita como titular para a Mesa Diretora da Alece

17 de Dezembro de 2020

Em eleição realizada nesta terça-feira (08/12), a Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) definiu os membros da mesa diretora para o próximo biênio 2021-2022.


Em eleição realizada nesta terça-feira (08/12), a Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) definiu os membros da mesa diretora para o próximo biênio 2021-2022. A presidência ficará com o deputado Evandro Leitão (PDT) e a primeira secretaria com o deputado Antônio Granja (PDT). O deputado Fernando Santana (PT) será o vice-presidente e o deputado Danniel Oliveira (MDB) o segundo vice. 


A deputada Érika Amorim (PDT) vai ocupar a terceira-secretaria, sendo a única mulher a ocupar uma vaga como titular na mesa diretora da Alece, que também conta com os deputados Audic Mota (PSB) na segunda secretaria e o deputado Apóstolo Luiz Henrique (PP) na quarta secretaria.


“Conquistamos mais um espaço importante no nosso mandato e mais uma oportunidade de presença e trabalho da liderança feminina na política. Ocupar como titular esta cadeira na Mesa Diretora da Alece significa que poderemos articular junto à Casa ainda mais ações em prol de todas e todos os cearenses aproximando, ainda mais, a população da Assembleia Legislativa, que é a Casa de todos nós”, declarou a parlamentar.


Érika Amorim deve deixar, agora, a presidência da Comissão da Infância e Adolescência da Assembleia Legislativa. Pelo Regimento Interno, membros da Mesa não podem compor as comissões técnicas permanentes. 


Líder do PSD na Casa, Érika foi a parlamentar estadual mais votada do Ceará entre as mulheres.